O Blog Arquivo Crucial não hospeda nenhum arquivo no seu servidor. Se alguma postagem venha prejudicar o seu autor, por favor entre em contato para a exclusão imediata da mesma. Nosso objetivo é apenas divulgar. Compre os CD´s originais e prestigie seu artista favorito.

sábado, 10 de setembro de 2016

Resenha - 4ª Edição do Rock na Praça


No dia 4 de setembro, aconteceu mais uma edição do Rock na Praça, dessa vez no Vale do Anhangabaú; com estrutura de palco e som dignos para uma avalanche sonora. E para a sorte de todos os presentes a chuva que parecia desabar sobre Sampa não deu as caras durante a apresentação das bandas.

Essa quarta edição do evento, idealizado por Fabricio Ravelli, contou com as bandas Kisser Clan, Gloria, Korzus e Angra & Friends; além da participação da galera da Gincana do Bem para cuidar das ações sociais, entre elas a arrecadação de brinquedos em bom estado e/ou 1kg de alimento não perecível.

Rodrigo Branco da Kiss FM foi novamente o “mestre de cerimônias” dessa edição do Rock na Praça e subiu ao palco próximo das 15 horas para anunciar a primeira atração da tarde: a banda Kisser Clan.


Com o intuito de tocar clássicos do Rock, o projeto foi formado por Andreas Kisser (Sepultura), que segundo o próprio guitarrista, nasceu como uma brincadeira a fim de poder se apresentar em família, já que seu filho Yohan Kisser (Lusco Fusco) forma a dupla de guitarras, além de dividir os vocais. A banda ainda contou com Gustavo Giggio no baixo e Leo Baeta na bateria. A música que abriu o show "Ace of Spades", numa nítida homenagem à Lemmy Kilmister, morto no final do ano passado. O setlist matador ainda contou com Diamond Head (Am I Evil), Beatles (Helter Skelter), Judas Priest (Breaking The Law), AC/DC (Rock and Roll Damnation), Scorpions (The Zoo), Black Sabbath (War Pigs), Slayer (Skeletons of Society), Iron Maiden (Wrathchild), Kiss (Rock and Roll All Night); além das participações especiais de Fabricio Ravelli detonando na bateria em “Motorbreath” do Metallica e Bruno Teixeira da banda Desalmado encerrando a apresentação cantando Refuse/Resist do Sepultura. Foi um aquecimento a altura do que ainda estava por vir.


Na sequência entra a banda Gloria. Mi Vieira (vocais), Elliot Reis (vocais e guitarra base), Peres Kenji (guitarra solo), Thiago Abreu (baixo) e Leandro Ferreira (bateria) agitaram a galera com o seu post-hardcore/metalcore, com direito a mosh pit em algumas canções. O setlist contou com “Desalmado”, “Quem Vai Pagar Caro Por Me Conhecer”, “É Tudo Meu”, “Anemia”, “A Arte de Fazer Inimigos”, “Sangue”, “Oração” (única música do mais recente álbum “V”), “Presságio” (da qual Fernando Anitelli do grupo O Teatro Mágico ajudou na letra), “Bicho do Mato” e “Asas Fracas”. Uma das maiores preocupações dos organizadores do Rock na Praça foi quanto a atitude das pessoas durante a apresentação do Gloria (pois poderia prejudicar sobre a realização de futuras edições), já que a banda foi hostilizada nas redes sociais por ser considerada um “peixe fora d’água” no evento. Mas tudo correu bem e não houve nenhum tipo de desrespeito durante o show.


Um dos principais nomes do Metal brasileiro, a banda Korzus foi a terceira banda a subir no palco. Marcello Pompeu (vocal), Dick Siebert (baixo), Antônio Araújo (Guitarra), Heros Trench (guitarra) e Rodrigo Oliveira (Bateria) detonaram o seu tradicional Thrash Metal tocando as músicas "Guilty Silence", "Bleeding Pride", "Never Die", "What Are You Looking For", "Discipline Of Hate", "Vampiro", "Correria", “Agony”, "Internally", "Raise Your Soul" (com Nando Fernandes nos vocais), "Truth", "Guerreiros do Metal" e "Legion" (que contou com a "participação especial" de Otto, filho de quatro anos do Pompeu). Como um maestro em um grande concerto, Marcello Pompeu "dividia" o público e pediu para que eles gritassem “Rock” e “Na Praça”; também do mesmo modo foi entoado o nome de Fabrício Ravelli.


Uma das atrações mais esperadas pelo público, a Angra & Friends (já que não contaria com a presença de Fabio Lione) com a participação nos vocais dos “três terrores” (assim designado por eles) Bruno Sutter (“Wings of Reality” e “Time”), Alirio Netto (“Nothing to Say” e “Make Believe”) e BJ (“Heroes of Sand” e “Rebirth”); além de Rafael Bittencourt interpretar as músicas “Waiting Silence” e “Final Light”. Para o fim do show, a banda encerrou com “Carry On” e “Nova Era”, contando com a presença dos três convidados para dividirem os vocais. A princípio todos pensavam que o show seria baseado no disco “Holy Land” (que completa 20 anos), mas o setlist apresentado não desapontou a galera presente.

Ao final da 4ª edição do Rock na Praça mais um resultado satisfatório: excelentes shows, estrutura comparada a grandes festivais e novamente nenhuma briga registrada. Isso só prova às autoridades que o Rock pode ter um evento que realmente faça jus a cultura do povo.

O evento teve a cobertura da Rádio Web Stay Rock Brazil: www.stayrockbrazil.com.br

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...